Entrevista com a Modelo Plus Size Aryânik Schulz

Oi!
É com MUITO prazer que hoje trago a entrevista tão desejada com a modelo Plus Size Aryânik Schulz.
Tive o enorme prazer me conhece la no Fashion Weekend Plus Size, e é claro, que não poderia perder a oportunidade de entrevista la. E ela topou!!!!
Indico que você sigam a página dela Aryanik Schulz no facebook e acompanhe seus trabalhos. É linda mesmo!
Conte nos um pouco sobre você! Qtos anos, o que faz da vida, o que gosta, casada ou não?
Meu nome é Aryanik Schulz, tenho 26 anos, sou solteira, e moro em SP Capital. Eu e meus irmãos temos um Instituto de Cultura Hindu, e trabalho como Modelo Plus Size paralelo a isso há quase 3 anos. Sou determinada, amo meus amigos, minha família e meu cachorro! Adoro correr atrás dos meus objetivos e de ajudar as pessoas. E o mais importante, tento ser feliz a maior parte do meu tempo. 
Sempre foi gordinha? Teve problemas por ser uma?
Sempre fui gordinha, um pouco mais, um pouco menos, mais sempre fui! E sim, já tive muitos problemas, sofri muito preconceito por ser assim, sempre era alvo de piadas sem graça de gente que achava legal fazer isso, mais nunca liguei muito, sempre fui mais eu e meus amigos. 
Você sempre se aceitou gordinha?
Sim, sempre me aceitei assim. Já fiz como toda adolescente de querer ficar magra para entrar na sociedade, isso que eu achava, mais nunca durava muito tempo, por que sempre desistia logo após alguns dias. Então, acabei não ligando mais para isso e me aceitando e me curtindo do jeitinho que eu sempre fui.

Como descobriu que poderia ser modelo plus size?
Na verdade, eu entrei nesse meio com outro foco, eu queria ir trabalhar em um Navio com uma super amiga minha, e ela acabou me dando algumas dicas para isso acontecer com mais facilidade, e um deles era fazer um book. Fui atrás de uma agência, gostei e me agenciei. Quando já estava com o book em mãos, foram surgindo oportunidades, e como eu sempre gostei disso, fui aceitando, hoje em dia ser modelo plus size é meu segundo trabalho, e eu amo fazer isso.
 

Ser uma modelo plus size é difícil? Tem competição ou brigas?
Sim, é bem dificil, principalmente no começo. Tem que ter muita paciência, não se deixar abater ou cair. Você vai ouvir muito não. Muita gente falando que não está procurando seu perfil no momento, muita coisa desse jeito. Mas isso faz parte, você precisa ser reconhecida e mostrar que você é capaz de fazer o que o cliente te pede. Isso requer tempo e muita força de vontade. Competição e brigas eu acho que tem em qualquer lugar e lógico que não poderia faltar no mundo plus! Mas cada um tem o seu motivo, seu gosto e desgosto.
 
Como você vê o mercado plus size no Brasil hoje?
Eu acho que o mercado plus vem crescendo e muito nesses últimos tempos. E devemos isso a todos que começaram a muitos e muitos anos atrás. E isso, é so o resultado de muito trabalho e dedicação. Eu também acho que tem muito o que melhorar, mas estamos evoluindo e arrumando tudo isso. Hoje em dia somos mais “bem vindas” do que antigamente. Hoje não somos somente uma loja e sim várias que seguem o mesmo rumo. Acredito que aos poucos estamos mudando todo esse mercado no Brasil.
 

Uma modelo ganha por desfile, coleção? Como funciona?
Depende da modelo, o que ela vai fazer, e qual grife está contratando. Se for para um coleção, irão te pagar pela coleção, pelo nome que você tem, ou somente, para um catálogo. Desfile eu ja vi de várias maneiras. Ou você ganhando por numero X de peças, por todas as grifes, outras até mesmo ganhando somente a roupa que desfilou. Também há muitos convites para você fazer fotos ou desfiles, catálogos e tudo mais de graça, você ganhando somente divulgação. Eu fiz muito isso no começo de carreira e aconselho a quem está começando a fazer o mesmo. Além de ganhar experiência, o mercado começa a te conhecer. 
O que uma garota precisa para ser modelo também!?
Determinação e força de vontade. Essas são as principais coisas que alguém precisa ter para se tornar uma modelo. Um book bonito, feito com alguém de confiança, que saiba o que está fazendo, e que saiba te ajudar também a tirar essas fotos. Um bom curso para te ajudar no básico, a começar  se comportar em todas as ocasiões. O resto vem com o tempo. Tendo isso, é so começar a correr atrás e mostrar que você é capaz.
 

Existem agências de modelo que aceitam plus size?
Sim, existem. Eu mesma sou agenciada em uma, mas lembre-se sempre que o foco das agências maiores não são as Plus Sizes, até porque estamos mudando ainda esse mercado. Então se for se agenciar em umas delas, tenha isso em mente e não pense que você irá ser chamada logo de início, ou que vai ser chamada sempre para fazer algum trabalho pela agência.
Existe “um corpo” que é melhor para ser manequim?
Como no mundo Fashion, sempre tem um corpo melhor, mas não tem um manequim certo. Não que os outros tipos de corpos nao sejam adequados para isso, mas, com o corpo mais em cima, um manequim menor, pele sempre bonita e bem cuidada, isso ajuda muito. Mas, mesmo com manequim maior, não se preocupe, que se você quiser, também pode entrar neste ramo. Isso é o que eu gosto do mundo Plus, ele realmente é feito para todos os tipos de corpos.
 

O que você acha que as gordinhas devem mudar ou fazer para serem mais elegantes?
Eu acho que cada gordinha tem seu estilo, seu jeito de arrumar cada peça do jeitinho que mais gosta. O que eu falaria, é ter bom senso e sempre uma ajudinha. Como, por exemplo, uma estampa é melhor que outra. ajuda muito a gordinha a ficar mais elegante. Com coisas básicas como somente um cinto pode mudar seu visual por completo. Arrisque, mude, invente, que você verá que às vezes, a coisa mais simples, faz você ficar maravilhosa.
 

Deixe uma dica!
A dica que eu dou é, se ame acima de tudo. Não importa o seu tamanho, altura, peso ou cor dos olhos, todas somos maravilhosas! Tem muita mulher por aí que não sabe o quão  bonita e charmosa ela pode ser, entao arrisque…  Você se arriscando e vendo o quanto é poderosa, é aí que você irá se encontrar.
 

Agradeço à Daiana por ter me dado a oportunidade de falar um pouco de mim e dar a minha opinião para todos! =] Um grande beijo.

Amei a entrevista e eu fico muito grata à Aryânik pela disposição em participar!